Conversa com Thomaz

sábado, 13 de julho de 2024

Tag: Vacina

Um dia para não esquecer

Um dia para não esquecer

Opinião
Por Thomaz Antonio Barbosa Ontem, 14/01, completou um ano da maior tragédia intencional, criminosa e sádica da história de Manaus. O dia em que, por pura incompetência, despreparo e desumanidade do governador do estado, pessoas morreram asfixiadas por falta de oxigênio nos hospitais da rede pública de saúde do Amazonas. O extermínio se prolongou naqueles dias, e em 15, completando um ano hoje, o que se ouvia era o barulho das ambulâncias e as lamúrias do povo desta cidade. Esses dias de holocausto não serão esquecidos e os culpados devem ser julgados por crimes análogos ao de guerra, e condenados. As famílias das vítimas devem ser ressarcidas e erguido um obelisco em homenagem aos mortos.... Desculpem-me, mas o que aconteceu em Manaus não irá se perder no tempo, justiça é o ...
Amazonas já registra mais de 60 mortes de crianças por covid-19

Amazonas já registra mais de 60 mortes de crianças por covid-19

Giro de Notícias
O Amazonas registrou, até o dia 21 de dezembro de 2021, 67 óbitos de crianças de 0 a 9 anos. Os dados são da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), que monitora o avanço da doença no estado. Conforme o painel de monitoramento, até aquela data, foram registradas 62 mortes de crianças abaixo de 5 anos, e sete na faixa etária de 5 a 9 anos. Os dados, no entanto, não mostram quantos ocorreram em crianças de até 11 anos, pois esse grupo está dentro da faixa etária de 10 a 14 anos. Leia mais: https://g1.globo.com/am/amazonas/ Imagem: Divulgação
Cabeça erguida, Brasil, juntos vamos vencer o inimigo!!!

Cabeça erguida, Brasil, juntos vamos vencer o inimigo!!!

Na Hora do Almoço
Por Thomaz Antonio Barbosa O país lamenta hoje, 02 de novembro de 2021, a perda de mais de 600 mil de seus filhos para o Covid-19, onde o olhar omisso do Estado teve a sua parcela de culpa. O campo de extermínio manauara não teria acontecido, posso afirmar com certeza,  caso o governo do Amazonas tivesse o mínimo de preparo, planejamento, respeito pela vida. O Brasil chora hoje os seus mortos,  os seus erros,  as suas culpas. A saudade dos nossos entes queridos é o resultado dos muitos desparates dos que governam esse planeta. Deixo aqui o meu abraço aos sobreviventes da pandemia, aos enlutados, aos heróis que cuidaram de nós.  Tivemos as nossas falhas,  nos resignemos disso, agora é hora de salvar o país! Estaremos juntos em mais essa batalha!...
Reforço da vacina do Covid-19 tem 95,6% de eficácia

Reforço da vacina do Covid-19 tem 95,6% de eficácia

Giro de Notícias
Uma dose de reforço da vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo consórcio Pfizer/BioNTech é eficaz em 95,6% dos casos sintomáticos da doença, mostra estudo feito pelos dois laboratórios e publicado hoje (21). O ensaio clínico de fase 3, realizado em "10 mil pessoas com mais de 16 anos", demonstra "eficácia de 95,6%" e um "perfil de segurança favorável", de acordo com comunicado. "São os primeiros resultados de eficácia de um ensaio amplo para testar o reforço da vacina contra a covid-19", disseram as duas empresas. O estudo foi feito no período em que a variante Delta se tornou a principal a circular. Leia mais: http://agenciabrasil.ebc.com.br
Sábado é o dia D de multivacinação

Sábado é o dia D de multivacinação

Giro de Notícias
Neste sábado (16) ocorre o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, do Ministério da Saúde. A iniciativa busca incentivar a imunização com 18 vacinas diferentes. O público-alvo são pessoas com até 15 anos. A Campanha de Multivacinação 2021 foi iniciada em 1º de outubro e tem vigência prevista até o dia 29 deste mês. O intuito é promover a regularização da vacinação entre crianças e adolescentes. Segundo o Ministério da Saúde, desde 2015 tem havido uma queda da cobertura vacinal. Entre as vacinas que fazem parte da campanha estão as de BCG, hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 Valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), febre amarela, Tríplice viral (sarampo, rubéo...
Barrado no baile Bolsonaro não assiste jogo  de Santos e Grêmio

Barrado no baile Bolsonaro não assiste jogo de Santos e Grêmio

Na Hora do Café
Por Thomaz Antonio Barbosa As portas começam a se fechar para o presidente Jair Bolsonaro. Nesse domingo, 10, ele foi impedido de assistir a partida entre Santos e Grêmio, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro devido não portar o passaporte da vacina contra Covid-19. Negacionista da letalidade do vírus, desde o início da pandemia ele tem se mostrado contra a imunização, hoje o país se mostra contra suas atitudes. Não há mais o que negar, tão pouco aceitar a postura do presidente. Eis a defesa simplista do mandatário: “Por que passaporte da vacina? Eu queria ver o jogo do Santos agora e falaram que tinha que estar vacinado. Pra que isso? Eu tenho mais anticorpos do que quem tomou vacina”.Jair Bolsonaro Será que o feitiço se volta contra o feiticeiro? O povo...
Otávio Fakhoury admite ter financiado instituto que negociou vacina

Otávio Fakhoury admite ter financiado instituto que negociou vacina

Giro de Notícias
Ele é assumidamente contra o imunizante Em depoimento à CPI da Covid nesta quinta-feira (30), o empresário bolsonarista Otávio Fakhoury, negacionista sobre vacinas, admitiu que financiou o Instituto Força Brasil (IFB), órgão do qual é vice-presidente. O instituto, apesar de não ter nenhuma relação com a área da saúde, tentou vender vacinas ao governo brasileiro por meio da Davati Medical Supply. A empresa visava atuar como intermediária e se dizia representante da vacina AstraZeneca, ofertando 400 milhões de doses do imunizante em meio à escassez mundial e com sobrepreço. A farmacêutica, porém, negou manter qualquer vínculo ou parceria com a Davati. A CPI investiga se houve a tentativa de dar um golpe no Ministério da Saúde com a venda de vacinas que não existiam. O ...
Alexandre Garcia é desmentido no ar antes de ser demitido

Alexandre Garcia é desmentido no ar antes de ser demitido

Giro de Notícias
O jornalista Alexandre Garcia, apresentador do programa “Novo Dia”, foi demitido da emissora CNN hoje, sexta-feira, 24. Mais cedo, ele foi desmentido ao vivo após defender o tratamento precoce contra a Covid-19 através de medicamentos sem eficácia comprovada. Em nota, a emissora associou a demissão aos comentários de Garcia. Durante sua participação no quadro “Liberdade de Opinião”, parte do “Novo Dia” de hoje, Garcia falava sobre as denúncias contra a Prevent Senior e declarou que os “remédios sem eficácia comprovada salvaram milhares de vidas”. A empresa é alvo de investigações por supostamente pressionar seus médicos a tratarem pacientes com substância como a hidroxicloroquina. “Os tais remédios sem eficácia comprovada salvaram milhares de vidas sendo aplicados...
Manaus paralisada em guerra contra Covid-19

Manaus paralisada em guerra contra Covid-19

Na Hora do Almoço
Escola Fueth P. Mourão, São Jorge, zona oeste. Por Thomaz Antonio Barbosa A cidade de Manaus enfrenta mais um dia de mutirão de vacinação contra Covid-19. Nos principais postos, como o centro de convenções Vasco Vásquez e o Parque do Idoso o trânsito está impraticável. Quem optou pela escola Fueth de Paula Mourão, São Jorge, zona oeste, encontrou um ambiente mais ameno, apesar da fila de duas voltas no portão principal. Mesmo assim fluia rápido. Apesar dos atropelos geardos pelo contingente atingido, cidade parece em festa, vencendo um inimigo silencioso e letal que atacou violentamente os manauaras. A vitória é do povo! .... Hoje a vacinação cobre a faixa etária dos 20 anos de idade.
11,41% da população tomou as duas doses da vacina

11,41% da população tomou as duas doses da vacina

Giro de Notícias
Mais de 86 milhões de doses de vacinas contra a Covid foram aplicadas no Brasil desde o começo da vacinação, em janeiro. Foram registradas 86.031.170 doses de imunizantes aplicadas, somando a primeira e a segunda doses, segundo dados do consórcio de veículos de imprensa, divulgado às 20h desta sexta-feira (18), o que corresponde a 29,21% da população. Leia mais: http://g1.globo.com Imagem: Divulgação
“O presidente nunca me deu ordens diretas para nada”, disse Pazuello.

“O presidente nunca me deu ordens diretas para nada”, disse Pazuello.

Política
O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse nesta quarta-feira (19) à CPI da Covid que o presidente Jair Bolsonaro não lhe deu, "em hipótese alguma", ordens diretas sobre tratamento precoce contra a doença.Pazuello foi questionado pelo relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL), sobre eventuais ordens de Bolsonaro sobre medicamentos como a cloroquina, que não tem eficácia contra a doença."Em hipótese alguma. O presidente nunca me deu ordens diretas para nada", respondeu Pazuello.Pazuello foi à CPI amparado por um habeas corpus concedido pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que o permite ficar em silêncio sempre que entender que as perguntas possam levá-lo à autoincriminação. Leia mais: http://g1.globo.com Imagem: g1.globo.com / Divulgação ...
Governo Federal vai mandar 104,8 mil doses de vacinas aos estados

Governo Federal vai mandar 104,8 mil doses de vacinas aos estados

Giro de Notícias
O Ministério da Saúde informou que vai distribuir 104,8 mil doses da vacina CoronaVac aos estados a partir de quinta-feira (29).Mais cedo, levantamento do G1 revelou que cidades de ao menos 18 estados suspenderam a aplicação da 2ª dose da CoronaVac por falta de imunizante nesta semana.Na nota em que anunciou o envio das doses do imunizante contra a Covid-19, o governo federal não detalhou a origem desses imunizantes e qual o motivo para que a entrega não tivesse sido realizada antes.A última remessa de doses do Instituto Butantan para o governo ocorreu há 8 dias.Antes do anúncio feito na tarde de quarta-feira (28), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta manhã que iria regularizar a entrega dos imunizantes na semana que vem. Leia ma...
Senadores americanos pedem para Biden que não dê dinheiro ao Brasil.

Senadores americanos pedem para Biden que não dê dinheiro ao Brasil.

Política
Um grupo de 15 senadores do Partido Democrata dos Estados Unidos enviou uma carta ao presidente americano nesta sexta-feira (16) em que reclamam da falta de medidas para preservar o ambiente por parte do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Os políticos dos EUA também pedem para que Biden condicione qualquer apoio à preservação da Amazônia a um progresso nas ações brasileiras.A carta foi assinada por senadores como Patrick Leahy, líder do comitê que aprova os gastos de dinheiro do governo; Bob Menendez, do comitê de relações exteriores e Bernie Sanders, que foi pré-candidato à presidência dos EUA. Leia mais: http://g1.globo.com
Depois do anúncio de Dória governo Bolsonaro também terá sua vacina

Depois do anúncio de Dória governo Bolsonaro também terá sua vacina

Giro de Notícias
O ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, anunciou que uma candidata a vacina contra a Covid-19 apoiada pelo governo federal solicitou na quinta-feira (25) a autorização para testes em voluntários.O anúncio foi feito na tarde desta sexta-feira (26), horas depois de o governo de São Paulo divulgar que vai pedir à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a permissão para o início dos testes clínicos da Butanvac, vacina criada pelo Instituto Butantan. Imagem: Divulgação
“Meu presente de aniversário. Obrigado Deus, obrigado SUS!” diz cidadão ao ser vacinado

“Meu presente de aniversário. Obrigado Deus, obrigado SUS!” diz cidadão ao ser vacinado

Giro de Notícias
O manauara de 60 anos, Ademar Lopes, recebeu na data de hoje, 25, o presente de aniversário que todos os brasileiros gostariam. Ele foi vacinado com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Emocionado ele escreveu em sua rede social: "Meu presente de aniversário, obrigado Deus, obrigado SUS". Para o nossa redação ele disse que torce para que todos os brasileiros sejam vacinados: "é uma preocupação a menos', disse Ademar. Nessa semana o governo do Amazonas anunciou a aquisição de um lote com 1 milhão de doses da vacina Sputnik. Imagem: enviada por video - Ademar Lopes