Conversa com Thomaz

sexta-feira, 12 de abril de 2024

Tag: governo

Governo Lula tem 54,9% de aprovação em São Paulo-SP, diz Paraná Pesquisas

Governo Lula tem 54,9% de aprovação em São Paulo-SP, diz Paraná Pesquisas

Política
O governo do presidente Lula (PT) tem aprovação de 54,9% dos eleitores de São Paulo capital, segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta terça-feira, 20. A taxa de reprovação apontada é de 41,9%. Cerca de 38,1% dos eleitores da maior metrópole do País consideram a gestão “ótima” ou “boa”. Outros 32,2% avaliaram como “péssima” ou “ruim”.  Lula tem ainda 28,4% de avaliações regulares e outros 1,3% não souberam responder. Fonte: cartacapitalImagem: Ricardo Stuckert
Congresso mostra força em 2023 e governo terá que negociar ainda mais, apontam analistas

Congresso mostra força em 2023 e governo terá que negociar ainda mais, apontam analistas

Brasil, Política
Apesar da força que governos eleitos costumam demonstrar no primeiro ano de mandato,  o Congresso Nacional conseguiu impor seu ritmo nas negociações políticas que movimentaram Brasília em 2023. Essa dinâmica é um sintoma do empoderamento do Legislativo em relação ao Executivo e vai além do governo da vez. Desde 2015, os parlamentares vêm avançando sobre a execução do Orçamento, o que passou a mudar a correlação de forças em Brasília. Naquele ano, as emendas individuais se tornaram impositivas — de pagamento obrigatório — medida adotada também para as emendas de bancadas estaduais, quatro anos depois. “O Congresso vem progressivamente se empoderando de dimensões que eram do Poder Executivo, principalmente no que se refere à administração do Orçamento”, destac...
Governo Federal lança campanha para retomar altos índices de vacinação

Governo Federal lança campanha para retomar altos índices de vacinação

Brasil
O Ministério da Saúde lançou nesta segunda-feira (27) o Movimento Nacional pela Vacinação, uma campanha que tem como principal objetivo retomar índices altos de coberturas vacinais no Brasil, que estão em declínio há seis anos. O lançamento da mobilização ocorreu durante evento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), no Guará, região administrativa do Distrito Federal, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra da Saúde, Nísia Trindade. A solenidade também contou com a participação do vice-presidente e ministro da Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin, da primeira-dama Janja da Silva e da governadora em exercício do Distrito Federal, Celina Leão. Leia mais: http://agenciabrasil.ebc.com.br Imagem: Fábio Rodrigues- Pozzebom / Agência Brasil ...
Caixa paga beneficiários do NIS final 7.

Caixa paga beneficiários do NIS final 7.

Economia
A Caixa Econômica Federal paga hoje (23) a parcela de fevereiro do Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 7. O valor mínimo corresponde a R$ 600. Segundo o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, neste mês o programa de transferência de renda do governo federal alcançará 21,86 milhões de famílias, com recursos de R$ 13,2 bilhões. O valor médio recebido por família equivale a R$ 606,91. Desde o mês passado, o programa social voltou a se chamar Bolsa Família. O valor mínimo de R$ 600 foi garantido após a aprovação da Emenda Constitucional da Transição, que permitiu a utilização de até R$ 145 bilhões fora do teto de gastos neste ano, dos quais R$ 70 bilhões estão destinados a custear o benefício. O ...
Usuários podem usar o nome social para acessar os serviços do BACEN

Usuários podem usar o nome social para acessar os serviços do BACEN

Economia
O cidadão que precisar pedir informações ao Banco Central (BC) ou registrar reclamações sobre bancos pode usar o nome social. Desde a última segunda-feira (23), o órgão oferece a opção ao serviço Fale Conosco. A única exigência é que o nome social esteja incluído na base de dados da Receita Federal. A opção pelo nome social existe desde outubro para o serviço que fornece o histórico do cidadão com instituições financeiras. O canal de atendimento telefônico do BC também está adaptado, com o atendente perguntando ao cidadão se prefere ser tratado pelo nome social ou civil. Segundo o Departamento de Atendimento Institucional do BC, o uso do nome social é possível porque o órgão tem convênio com a Receita Federal para acessar a base de dados do Fisco e comprovar a identidade do usuá...
Nem anistia, nem impunidade para Wilson Lima, Pazuello e Bolsonaro

Nem anistia, nem impunidade para Wilson Lima, Pazuello e Bolsonaro

Brasil, Giro de Notícias, Política
O processo movido pelo Superior Tribunal de Justiça contra o governador Wilson Lima está  "Concluso para Decisão",  AÇÃO PENAL n° 0092882 - 26.2020.3.00.0000, isso significa que a qualquer momento pode ser pedida a sua prisão preventiva. O processo está ligado à compra de respiradores superfaturados, não adequados para o tratamento, junto a uma loja de vinhos, no período mais grave da pandemia do Covid-19 em Manaus. Na época o ministro da saúde era o general Pazuello, presidente Jair Bolsonaro. Segundo investigação e denúncias publicadas nos meios de comunicação, eles poderiam ter evitado o genocídio manauara, provocado pela falta de oxigênio. Bolsonaro publicou vídeo em redes sociais dizendo que ia morrer gente feito moscas em Manaus; Pazuello é o autor da célebre...
“Lula tem repetido grave erro de Bolsonaro”, diz analista.

“Lula tem repetido grave erro de Bolsonaro”, diz analista.

Brasil
Apesar de ainda não ter sentado na cadeira para conversar de frente com a nação, Lula ainda tem mantido o tom do palanque. Assim como Jair Bolsonaro que passou quatro anos usando subterfúgios para não debater os problemas nacionais, o atual presidente também parece um candidato ainda em plena disputa. Pelo menos é que contextua o artigo de Paulo Capelli, publicado no Metrópoles no dia de hoje,  26.01.23,  tratando  dessa questão o nosso site http://conversacomthomaz.com publica abaixo parte do texto do analista: "Empossado há 26 dias, Lula tem repetido um grave erro de Bolsonaro nos quatro anos em que presidiu o Brasil. O de naturalizar, como chefe de Estado, o tom belicoso usado na campanha eleitoral. Nesta quarta-feira (25/1), em agenda ...
Adicional de R$ 150 do Bolsa Família começa ser pago em Março

Adicional de R$ 150 do Bolsa Família começa ser pago em Março

Economia
O pagamento do adicional de R$ 150 para famílias com crianças de até seis anos ainda não começou. Na semana passada, o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Wellington Dias, afirmou que o valor extra só começará a ser pago em março, após o governo fazer um pente-fino no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), para eliminar fraudes. No modelo tradicional do Bolsa Família, o pagamento ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês. O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas no aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco. Leia mais: http://agenciabrasil.ebc.com.br Imagem: Reprodução/Jornal Contábil ...
Guilherme Boulos defende a participação do PSOL no governo Lula

Guilherme Boulos defende a participação do PSOL no governo Lula

Política
O deputado federal eleito Guilherme Boulos (PSOL-SP) diz que a afirmação da também deputada Sâmia Bomfim (PSOL-SP) de que o PSOL já formou maioria para não compor o governo de Lula "é uma opinião dela". Boulos foi o deputado federal mais votado em São Paulo, em outubro, com 1 milhão de votos. O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) defende que o partido integre a base do futuro governo. "Quem vai fazer oposição ao Lula é o bolsonarismo, e não estaremos ao lado deles. O momento do país é outro, enfrentamos uma oposição raivosa e não dá para brincar com isso", afirma Boulos. No dia 17, a legenda reunirá seu diretório nacional para decidir sobre o assunto. "Eu defendo que o PSOL integre a base de apoio ao Lula. O governo será de frente ampla, e nós temos ...
Toda neutralidade é nociva e condenável

Toda neutralidade é nociva e condenável

Política
Por Thomaz Antonio Barbosa Toda neutralidade é nociva, ela garante a manutenção do estado de coisas e isso hoje ajuda Wilson Lima e Bolsonaro. Eu não posso me dar o prazer de ser neutro diante da falta de oxigênio nos hospitais da rede pública do Amazonas,  da morte cruel de pessoas inocentes nas UTIS, dos respiradores superfaturados adquiridos em uma loja de vinhos em detrimento ao bem-estar da população do meu estado. Em nenhuma hipótese eu assumiria uma posição de neutralidade diante do negacionismo de Bolsonaro durante a pandemia, do deboche com as vítimas agonizantes,  do escárnio, da indiferença com as mais de 600 mil mortes de brasileiros inocentes e abandonados nas unidades de saúde do país inteiro. Toda neutralidade é condenável, pois dela decorre a crian...
João Pedro é o vice de Eduardo Braga para o governo do Amazonas

João Pedro é o vice de Eduardo Braga para o governo do Amazonas

Política
A Federação definiu na manhã deste domingo, 31, o nome  ex-senador João Pedro para compor a chapa que vai disputar o governo do Amazonas. João Pedro Gonçalves será o vice na chapa que tem na cabeça Eduardo Braga.  A indicação foi confirmada na Federação PT, PV e PC do B, realizada neste domingo, 31, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em Manaus. Imagem: Thomaz Antonio Barbosa
PCdoB defende candidatura ao governo no Amazonas

PCdoB defende candidatura ao governo no Amazonas

Política
Em nota divulgada à imprensa nesse domingo, 16, a direção do Partido Comunista do Brasil do Amazonas, PCdoB-AM,  afirma que defende candidatura do campo de esquerda para governo do estado. A candidatura poderá vir da Federação BrasildaEsperança, composta por PT, PSB e PCdoB, como também de aliado que tenha viabilidade eleitoral. O PCdoB do Amazonas esteve reunido no último sábado e no domingo para discutir o processo eleitoral, o partido já tem confirmada a ex-senadora Vanessa Grazziotin na disputa para Câmara Federal. Eis a nota: NOTA OFICIAL PCdoB defende candidatura ao governo no Amazonas "Em reunião realizada neste final de semana, a Comissão Política do PCdoB aprovou a resolução que a Federação Partidária formada pelo PCdoB, PT e PV deverá ter ou apoiar uma...
Bolsa de valores opera em queda no   sétimo dia consecutivo

Bolsa de valores opera em queda no sétimo dia consecutivo

Economia
O Ibovespa, principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, opera em queda nesta terça-feira (26), no sétimo pregão consecutivo de perdas. Às 13h42, horário de Brasília, o Ibovespa recuava 1,53%, a 108.996 pontos. Veja mais cotações. Na segunda-feira, a bolsa fechou em queda de 0,35%, a 110.685 pontos. Com o resultado, passou a acumular queda de 7,43% no mês. No ano, o ganho é de 5,97%. Leia mais: G1.globo.com

Medicamentos sofrem aumento acima de 10%, diz Sindusfarma

Economia
Os preços dos medicamentos devem ser reajustados em 10,89%, segundo informou o Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos). Esse percentual de reajuste é um valor máximo que pode ser aplicado pelos fabricantes, e deve entrar em vigor no final desta semana. O índice leva em conta a inflação e o fator Y, divulgado na terça-feira (29) pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), que calcula os custos de produção não captados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como variação cambial, tarifas de eletricidade e variação de preços de insumos. Leia mais: G1.globo.com IImagem: zelosaude.app
Reage povo, estamos sem governo!

Reage povo, estamos sem governo!

Na Hora do Café
Por Thomaz Antonio Barbosa O dia amanhece e os postos anunciam gasolina custando R$ 8,00. O governador Wlson, que havia viajado para fazer firula em Brasília, não se manifesta sobre o abuso dos revendedores. Ele é o comandante, todavia é o primeiro que silencia para o desmantelo. Estamos vivendo os piores dias desse estado, dominado por facções criminosas e por cartéis,  pelo desemprego e o desespero. Não há mais como recuar, o povo precisa ir às ruas,  já que as autoridades não dizem nada,  e trazer de volta o Amazonas para um lugar seguro, uma rota confiável. O Wilson Lima já deu, é hora da gente decidir! IImagem: Divulgação