Conversa com Thomaz

quinta-feira, 18 de julho de 2024

Vai ter Bolsa Família,  faz o “L”

Por Thomaz Antonio Barbosa

A Câmara dos Deputados aprovou  em segundo turno a PEC da Transição que garante 145 bilhões para o governo Lula enfrentar o ano de 2023, entre as demandas a ampliação do Bolsa Família para 600 reais,  o  Farmácia Popular, ciência, educação.

Com o fim do Orçamento Secreto o governo traz mais transparência à gestão, porém a manutenção das Emendas Individuais ainda são um tanto nebulosas. Mas era o que se podia fazer em meio a esse nevoeiro, avançamos muito, não tudo.

O novo tabuleiro

Um fator interessante é que 11 deputados do PL votaram a favor da PEC, o que indica que o Centrão está se reorganizando em torno do governo e de suas espirais,  isso quer dizer que está dando liga a relação de Lula e Congresso.

E por falar em Congresso,  Pacheco deve continuar na presidência do Senado, apesar de Bolsonaro querer o cargo, já na Câmara Federal o céu é de brigadeiro para Artur Lira, um namoro que inicia com a aprovação da PEC, que se mostra com chances de se tornar em um casamento seguro.

O colapso brasileiro

Por falar em Bolsonaro, seu governo colapsou, o país tem 100 mil pessoas na fila do passaporte e o governo não destina recursos para o documento. Outra questão diz respeito aos refugiados que buscam se legalizar no Brasil sem resposta, pois não há política para a questão migratória.

Miséria em solo brasileiro não se conta, o tenente reformado destruiu o país, transformou o Brasil em um pária internacional, ameaçou a democracia, dividiu a pátria ao meio, condenou a população a um genocídio sangrento, ceifando em torno de 700 mil vidas. Há que se pagar por isso!!!

A hora do tchau

Agora faz o “L” e joga Bolsonaro nos escombros da história, em um lugar seguro para ele pagar por seus crimes, pois é hora de unir a pátria, reconstruir o país. A esperança nunca tão bem vinda!

Urge despolarizar o país, acabar com a violência institucionalizada, com a opulência dos ricos e a miséria dos pobres, o poder absoluto do presidente e a arrogância dos militares… O patriotismo, de fato, tá começando agora!!!

Imagem: Marina Ramos / Câmara dos Deputados

2 Comments

  • Glademir Sales dos Santos

    Aqui está uma síntese do desgoverno e as perspectivas para um novo devir. Tudo combina com o tempo do advento e tempo da epifania, com uma nova gestão e retomada dos valores da democracia. O texto é de uma simplicidade na apresentação dos tópicos frasais, que anuncia um conteúdo motivador, pois desperta um tempo de reordenamento de luta por parte dos movimentos sociais, da classe trabalhadora majoritária e das instituições de controle e de defesa dos direitos fundamentais. Muito bom.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *