Conversa com Thomaz

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

“O Sinésio Campos é presidente do PT, mas ele não é o dono do Partido”, diz João Pedro.

Em conversa com  nossa  equipe,   o ex-senador João Pedro (PT-AM) dá uma resposta ácida sobre a celeuma que o deputado estadual Sinésio Campos criou com o Zé Ricardo, deputado federal,  sobre a candidatura própria do Partido dos Trabalhadores ao governo do estado.

Sinésio Campos, defende que o PT não lance candidato, enquanto que Zé Ricardo é porta-voz da candidatura própria,  encabeçada por João Pedro. 

Sobre o assunto João Pedro afirmou: 

A candidatura está mantida, o PT é um partido democrático, tem um calendário, meu nome está registrado na SORG, que é  Secretaria de Organização,  como pré-candidato ao governo (…) na nossa agenda vamos decidir, mais na frente, sobre a nossa candidatura. O debate está posto!!!

Ele convoca faz uma reflexão e se reafirma pré-candidato ao governo do estado do Amazonas pela sigla:

O PT deve ou não lançar candidato? A Federação de Esquerda deve ou não lançar candidato? Meu nome está colocado“.

João Pedro ainda acrescentou que tem uma  história de  40 anos de militância, sem escândalos, sem adesismos, e que “lamentavelmente tem militantes dentro do PT que não querem a candidatura. Mas é  impossível você segurar um partido de esquerda, um partido que tem história como o PT, numa eleição decisiva contra o facismo, contra a direita e não lançar um candidato” ao que ele afirma ser “uma tentativa de calar o PT”.

Eu quero enfrentar o bolsonarismo, o governador Wilson Lima, responsável por centenas de mortes do falta de oxigênio, um governador incompetente”.

João Pedro, ex-senador.

O ex-senador ainda declara que “a minha candidatura é de oposição, é pela esquerda, é para fazer com que o PT defenda o legado do presidente Lula, que deve ser, sem dúvida alguma, o nosso futuro presidente da República“.

Por fim ele adverte:

O Sinésio Campos é presidente do Partido, mas ele não é dono do Partido”.

João Pedro, além do apoio de Zé Ricardo, deputado federal, goza de influência pessoal com o ex-presidente Lula.

Imagem: Antonio Cruz / Danilo Mello

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *