Conversa com Thomaz

sábado, 13 de julho de 2024

Bolsonaro e Pazzuelo são indiciados por crimes contra a humanidade

O relatório final da CPI do Genocídio, divulgado nesta quarta-feira (20), tenta dar uma dimensão geral da tragédia que abateu o Brasil diante da pandemia da Covid-19 e punir os responsáveis. Para dar conta da gravidade dos episódios ocorrido no país no período, os senadores tiveram que recorrer a três modalidades de crimes contra a humanidade.

No documento final, elaborado por Renan Calheiros (MDB-AL), foram quatro os episódios apontados como característicos de crimes contra a humanidade: o colapso sanitário de Manaus, os experimentos com cobaias humanas da Prevent Senior e da proxalutamida, e a atuação contra os povos indígenas.

No total, foram 11 pessoas acusadas de cometimento desse tipo de crime em três modalidades: extermínio, perseguição e outros atos desumanos. O presidente Jair Bolsonaro, o ministro Onyx Lorenzoni (Trabalho, ex-Cidadania), o ex-ministro Eduardo Pazuello, Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde conhecida como “Capitã Cloroquina”, médicos da Prevent e autor dos experimentos da proxalutamida foram imputados nesses crimes.

Leia mais: http://Brasil247.com

Fonte: Revista Forum

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *