Conversa com Thomaz

terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

Os conhecimentos Kokama como proposta universal de educação para a alteridade

Imagem: Divulgação

Por Glademir Sales dos Santos *

Estive presente somente na sexta-feira, no evento II Campeonato de Língua Kokama, realizado no Museu da Amazônia-MUSA, nos dias 11 e 12 de novembro. Bastou o primeiro dia para apreciar a riqueza da educação Kokama por meio das apresentações dos estudantes da língua de referência dos 4 Espaço de Estudo de Língua Materna e Conhecimentos Tradicionais-ELMCTI na cidade, assessorados pela Gerência de educação Escolar Indígena-GEEI no âmbito da SEMED-Manaus.

Percebemos o quanto os Kokama crescem entorno dos saberes tradicionais, transmitidos pelos senhores e senhoras, esses especialistas dos critérios culturais e da identidade, que se fizeram presentes nos dois dias de apresentação. Parabéns, professores e especialistas desses saberes por manifestar a força da identidade, nas suas formas organizativas a partir do estudo da língua de referência. O agradecimento aos organizadores do evento merece a gratidão por vários fatores que trazem a marca do reconhecimento: por reunir autoridades desses saberes, que são os professores, anciãos e anciãs, por reunir em parceria pesquisadores do MUSA e da comunidade científica, por reunir estudantes da língua, professores-pesquisadores dos EELMCTI e assessores-pesquisadores da Gerência de Educação Indígena-GEEI.

Imagens de Internet

Dispensamos a hierarquia para agradecer especialmente duas pessoas. A gratidão do evento está no reconhecimento da sua ideia projetada e pelo trabalho, sem medir esforços, da Professora Doutora Altaci Rubim, cuja inteligência está muito ligada às ações coletivas do seu povo Kokama, traduzidas no próprio evento e no seu conteúdo pedagógico e identitário de autoestima. O reconhecimento, é importante registrar, de igual modo, vai para a Gerente, Ma. Giovana Ribeiro, que articulou as ações com os assessores, no espaço da GEEI, para a confecção dos banners, aquisição dos prêmios, impressão et caetera.

A realização da programação registra a educação Kokama como acontecimento, porque foi a manifestação de sociabilidade e coletividade, propositiva dos Kokama na cidade, caracterizada pela autoestima, reconhecimento recíproco e respeito.

Prof. Glademir Sales dos Santos

Além da parceria dos Kokama com o MUSA, a parceria dos organizadores com a GEEI, feita pela Professora Altaci e a Gerente Giovana foi fundamental para a realização do II Campeonato de Língua Kokama. A dedicação e esforço das duas mulheres, comprometidas com a educação escolar indígena, foram a razão para potencializar a valorização do evento e sua visibilidade no espaço da educação escolar indígena e no espaço público. A dedicação e compromisso da Gerente se estendem à colaboração dos assessores, nas suas ações, uns mais, outros menos, para a qualidade e sucesso do acontecimento, transformando-o num estado de gratidão permanente dos envolvidos e dos que se fizeram presentes e acompanharam a programação.

Imagem: Divulgação

A realização da programação registra a educação Kokama como acontecimento, porque foi a manifestação de sociabilidade e coletividade, propositiva dos Kokama na cidade, caracterizada pela autoestima, reconhecimento recíproco e respeito. Essa Manifestação expressa uma educação indígena, que traz o princípio de educação escolar indígena com referência de cidadania indígena, combinando, no conceito de educação, os aspectos de luta pelas formas de reconhecimento para viver bem na cidade.

O acontecimento Kokama, nessa forma de belíssimas apresentações dos estudantes da língua Kokama, é algo extraordinário e um fenômeno rico de conhecimentos culturais e identitários em Manaus. Os conhecimentos Kokama, nessa forma criativa e pedagógica, merecem ser socializados nas redes sociais, pois se apresentam historicamente como valor universal de educação para a alteridade. Parabéns, Professora Dra. Altaci Rubim, Ma. Giovana Ribeiro, assessores, os quatro professores Kokama, a especialistas dos saberes tradicionais e a nova geração do povo Kokama, crianças, adolescentes, jovens e adultos, comprometidos coletivamente com as lutas e resistências a favor da vida dos povos da Amazônia.

Prof. Glademir dos Santos

*Glademir Sales dos Santos É professor, pesquisador e Doutor em Sociedade e Cultura na Amazônia

Imagens: Divulgação

4 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.