DITADURA NUNCA MAIS!

Por Elson de Melo*

Há 57 anos (31 de março de 1964), o Brasil iniciou a mais tristes trajetória da sua história, um golpe militar que impôs ao povo brasileiro uma terrível Ditadura que, até hoje, continua torturando gerações de brasileiros e brasileiras.

Naquele dia 31 de março, a barbárie foi instalada no país e torturou, matou sequestrou milhares de homens e mulheres, jovens e adultos, da cidade e do campo, e, muitos dos assassinados até hoje continuam desaparecidos.

Para jamais esquecer, e para que todas as gerações saibam e nunca permitam que aconteça novamente outras ditaduras no Brasil, lembramos hoje e sempre que, a ditadura de 1964 foi uma barbaridade que humilhou o povo brasileiro por mais de duas décadas.

Neste 31 de março de 2021, o Brasil supera as 320.000 (trezentos e vinte mil) mortes por Covid-19, um verdadeiro genocidio que o governo Bolsonaro promove contra o povo brasileiro, além de submeter toda população a uma verdeira tortura, ao negar a Pandemia Covid-19 e debochar das milhares de mortes em decorrência dela.

Toda Solidariedade aos familiares das vítimas da Ditadura Militar de 1964 e das vítimas da Pandemia Covid-19.

Democracia sempre!
Ditadura nunca mais!

Manaus, 31 de março de 2021.

*O autor é amazonense, dirigente partidário e prescursor do movimento operariado das empresas do polo industrial da Zona Franca de Manaus.

Elson de Melo (imagem: redes sociais)

Imagem capa: Resistência em Arquivo / WordPress.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *