Conversa com Thomaz

quinta-feira, 18 de abril de 2024

Lula e o retorno da Ala Rosa na América Latina

Por Thomaz Antonio Barbosa

Sim, essa fatura está liquidada, Lula vai presidir o Brasil a partir de janeiro de 2023, o retorno da Ala Rosa é uma realidade na América Latina, termo que surge com a chegada de Hugo Chávez ao poder na Venezuela, e que se caracteriza pelo início da ascensão das esquerdas no continente,  sob a égide socialista.

Na esteira de Chávez vieram nomes como Lula,  Mujica, Evo Morales,  governos mais alinhados ao mercado e menos ideológico, portanto, o que seria vermelho veio cor-de-rosa.

Atacado pelo conservadorismo, o continente viveu seus piores dias no governo de Trump,  vitaminando no Brasil Jair Bolsonaro,  que de Messias não tem nada. Acuado na reta final da eleição brasileira, se espera a cada momento uma das suas estratégias imundas de manutenção no poder, certamente com o mesmo efeito do voo da galinha, como têm sido todas elas, porém é preciso resistir.

Apesar de todo o esforço macabro do presidente do Brasil e sua corja de malfeitores, os números eleitorais apontam para uma vitória de Lula no dia 30 deste outubro de 2022, sendo reconduzido ao poder pelas urnas em 2023, uma afirmação que se sustenta hoje pela sua força e bravura, também de seus milhões de eleitores e aliados.

A “Ala Rosa” está de volta, certamrnte com uma administração mais ponderada, de olho nas pessoas e não nas oligarquias, creio que mais sábia, com as lições aprendidas nos anos de chumbo desse conservadorismo selvagem,  da ideologia pirotécnica da pátria, da bíblia e da bala,  que tem matado esse povo de fome e transformado o Brasil no país dos miseráveis.

O monstro ainda respira, mas não resistirá a onda vermelha que impulsiona a Ala Rosa, Lula está de volta, viva a liberdade!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *