Conversa com Thomaz

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Conselho Regional de Medicina amplia e fortalece suas bases para os próximos 5 anos no Amazonas

Com 71,99% dos votos válidos, a Chapa 01 – Experiência Renovada, venceu as eleições da escolha dos membros efetivos e suplentes do Conselho Regional de Medicina do Estado do Amazonas (Cremam) realizadas nos últimos dias 14 e 15 de Agosto. Com propostas bem consolidadas para a classe médica, a composição, que teve mais de 60% do seu grupo renovado, amplia e fortalece as bases de atuação do Cremam nos próximos cinco anos no Estado.

Em nome de cada médico que votou e acreditou em nossa visão, a Chapa 1 celebra a vitória com profunda gratidão. A jornada pela medicina digna e por um Cremam fortalecido continua, e nossa luta por melhorias e realizações será incansável” disse o médico psiquiatra, integrante da Chapa 1, Jorge Akel.

A Chapa 01 vence com 21 propostas bem estruturaras que envolvem desde a melhoria das condições de trabalho médico na capital e interior ao combate ao exercício ilegal da medicina com a criação de uma comissão fiscalizadora para apuração de denúncias com ainda mais celeridade e rigor.

A comissão se baseia na Lei do Ato Médico (lei federal 12.842/2013), que regulamenta a atividade profissional no país e estabelece limites sobre a atuação de profissionais com outras formações. O objetivo é conscientizar, alertar e apurar atuações de profissionais não habilitados no Estado. Ao longo dos últimos cinco anos, o Cremam realizou mais de 700 fiscalizações em todo território do Amazonas, o equivalente a mais mais de 100 fiscalizações por ano.

Sempre estaremos de portas abertas para acolher o médico para que a gente consiga avançar mais na proteção da classe e da sociedade”, afirma a médica ortopedista, Shirllane Rodrigues, integrante da Chapa 1.
Os integrantes também farão visitas às unidades de saúde para fiscalizar os falsos profissionais que colocam em risco à sociedade e a credibilidade da profissão. Também será criado uma Comissão de Defesa das Prerrogativas Médicas para garantir o livre exercício da medicina.

“É importante entender que quando garantimos isso, estamos beneficiando também a população amazonense, que será acompanhada por um profissional resguardado de todas as suas habilidades” explica Juliana Tapajós, médica integrante da Chapa 1.Entre os planos da Chapa 01 – Experiência Renovada, estão ainda: a criação da Escola de Ética Médica (Educa-Cremam); fomento à pesquisa científica médica no Amazonas e a criação de uma comissão para o autocuidado médico.

A presença digital dos médicos também é base de um dos planejamentos.

“A gente vai estabelecer uma comunicação direta com os médicos que utilizam essa ferramenta como principal forma de divulgação para tornar as mídias sociais um ambiente seguro de manuseio afirma Leonardo Gobira, médico ginecologista obstetra, integrante da Chapa 1.
O processo eleitoral aconteceu em todos os CRMs do país e foi coordenado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Os vencedores formarão agora o corpo de conselheiros da instituição a partir de 1º de outubro de 2023, e exercerão um mandato de cinco anos. Cada chapa é composta por 40 médicos, sendo 20 conselheiros titulares e 20 conselheiros suplentes.

A votação foi realizada pela internet, das 8h às 20h, com participação obrigatória de médicos com menos de 70 anos. O apagão de energia não afetou a votação.

Enviado por: Bruna Souza

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *