Conversa com Thomaz

sexta-feira, 22 de setembro de 2023

Encontro discute as condições precárias da Praça dos Remédios

Representantes da Pastoral dos Migrantes, da Igreja dos Remédios, e de órgãos do governo do estado e da Prefeitura de Manaus, estiveram reunidos nesta manhã de sexta-feira, 25, para discutir ações que possam melhorar as condições do centro histórico da cidade, especialmente o entorno da Praça dos Remédios.

O estado em que se encontra aquele sítio é de total abandono por parte do poder público. O local não tem policiamento,  manutenção do patrimônio,  está tomado pela sujeira, além de um grande número de pessoas dormindo nas calçadas.

O padre Hudson, pároco da Matriz, propôs a criação de um Seminário para discussão da problemática do Centro, envolvendo, além do estado e prefeitura, as associações de comércio. Ele entende que o problema é amplo e deve ser discutido com todos para evitar qualquer tipo de preconceito com quem já vive na exclusão social.

O deputado federal José Ricardo, PT, que também esteve na reunião, disse que as questões ligadas ao patrimônio histórico são onerosas para o município. A representante da Manauscult, Luciane, disse que existe um Comitê para cuidar do Centro, assim como um projeto voltado ao turismo religioso.

A reunião deverá gerar um documento para determinar as próximas ações. Estiveram presentes ao evento membros da Diocese de Manaus, da Secretária de Segurança Pública do Amazonas e da Manauscult. A reunião foi proposta pela congregação das Irmãs Scalabrinianas, que atuam com os migrantes na igreja dos Remédios.

Imagem: http://G1.globo.com


    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *