Conversa com Thomaz

quinta-feira, 18 de julho de 2024

Homem agride covardemente mulher que lhe pediu para por máscara

A atendente Adriana Araújo da Silva, de 38 anos, que foi agredida após pedir para um cliente colocar a máscara de proteção contra a Covid em uma padaria de Palmares Paulista (SP), afirmou que sentiu medo de morrer durante as agressões.

O caso foi registrado na tarde da última sexta-feira (11). A vítima ficou com hematomas por todo o corpo e precisou ser submetida a um procedimento cirúrgico por conta de uma fratura em um dos braços.

“Eu vi a morte. Lembrava da minha mãe, dos meus filhos, não acreditava que iria sobreviver. Tinha muita gente olhando, mas ninguém fazia nada. Olhei o sangue e pensei que morreria”, desabafou a atendente.

O agressor é Márcio Roberto Rodrigues de 45 anos. Ele entrou na padaria sem máscara e quando foi solicitado para colocá-la se enfureceu e passou a agredir impiedosamente a vítima.

Márcio Roberto foi liberado sem prestar depoimento ao delegado de plantão.

Leia mais: http://g1.globo.com

Imagem: Instagram http://portalg1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *