Conversa com Thomaz

sábado, 13 de julho de 2024

MP pede a prisão de David Almeida, da secretária e de “fura-filas” da vacina

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) pediu a prisão preventiva do prefeito de Manaus, David Almeida, de sua secretária de Saúde, Shadia Fraxe, além do afastamento deles dos cargos.

Ao todo foram mais de 20 pedidos de prisão, inclusive Gabrielle e Isabelle, as irmãs médicas, da família Lins, onde começaram as denúncias de “fura-filas” na prioridade da vacinação do Covid-19.

Essa primeira ação do Ministério Público diz respeito às suspeitas de fraude na prioridade da vacinação, onde seria destinada aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do Covid-19 e aos indígenas.

A ação do MP também se refere às denuncias de desvio da vacina Coronavac.

Shadia Fraxe, Secretaria de Saúde de Manaus, também é investigada sobre a contratação de dez médicos, com salário de R$ 9 mil, nomeados como gerentes de projetos, nenhum para a linha de frente do enfrentamento do Covid-19.

O desembargador plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), José Hamilton Saraiva, encaminhou o pedido para o Tribunal Regional Federal da 1.ª Região, com sede em Manaus.

Imagem: Prefeitura de Manaus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *