Na Hora do Jantar

“Antes de Bolsonaro, o nosso país estava uma merda”, diz Romário

“Antes de Bolsonaro, o nosso país estava uma merda”, diz Romário

Na Hora do Jantar
Por Thomaz Antonio Barbosa A declaração do ex-jogador de futebol e agora senador Romário Farias estarreceu o mundo da política e da bola. Porém,  não é de hoje que ele se envolve em polêmica. Desde a época dos gramados que Romário costuma destilar poluição ao vento, atacando pessoas como Zico e Pelé. Oportunista na área quando jogava, o "baixinho", como era conhecido,  traz para a política a habilidade dos gramados. Ele que até hoje diz ter ganhado a copa do mundo de 1994 sozinho,  porém a partida  semifinal e a finalissima da competição foram decididas nos pênaltis. Onde brilhou a estela do goleiro, Taffarel, e não do centroavante. Por essas e outras há quem diga que Romário, o Baixinho, foi sempre mais perigoso com a boca do que com os pés. Nesse momento o ...
Bolsonaro e seus risíveis soldadinhos de chumbo

Bolsonaro e seus risíveis soldadinhos de chumbo

Na Hora do Jantar
Por Thomaz Antonio Barbosa O mundo sensato presenciou hoje, 10/08, uma demonstração risível de poder das gloriosas forças armadas brasileiras. Um desfile patético que mais contribui para o descrédito dos militares do que para o amedontamento das massas. O Brasil chegou ao extremo do ridículo,  o presidente ao ápice da demência, por achar que alguém vai temer aquilo. Porém, o que não se pode tolerar é que o senhor Bolsonaro utilize um aparelho de estado para tentar destruir a democracia, as liberdades que conquistamos. A ameaça subjetiva - em linguagem direta - mostrada hoje em praça pública, é patética. Os generais que permitem e se deleitam com essas bravatas, não podem ser classificados senão de ridículos. As nossas forças ditas armadas representam a parte pa...
Venezuela e eu, 210 anos de Independência: Parte I

Venezuela e eu, 210 anos de Independência: Parte I

Na Hora do Jantar
Por Thomaz Antonio Barbosa De repente eu me vejo em missão na Operação Acolhida,  Pitrig-AM,  balcão OIM - Onu Migrações, com protocolos de residência. O trabalho começou pela mudança dos móveis, a acomodação da sala, a lavagem do tablado e, enfim,  o atendimento aos migrantes venezuelanos. No primeiro dia havia uma fila enorme na frente do posto,  o desespero saía da fronteira e interiorizava no continente, chegando à Manaus. Nossos atendidos estavam ansiosos,  inseguros,  assustados, famintos por amparo, abrigo, dignidade e cidadania. O Pitrig-AM era um mundo a parte,  quem passava na Torquato Tapajós via a fila, sabia dos problemas recorrentes da Venezuela, mas não  da dor de cada um daqueles, aquela individualizada, a que transforma o homem em l...
Para onde vai o Brasil dividido de Bolsonaro…!

Para onde vai o Brasil dividido de Bolsonaro…!

Na Hora do Jantar
Por Thomaz Antonio Barbosa Bolsonaro agiu rápido e antes do pedido de demissão coletiva, exonerou os generais. Antagônicos à politização dos quartéis, os três alegaram sair do governo por não aceitarem contrariar a Consiução Federal. O que não se pode negar é que a crise entre os militares causou uma celeuma absurda no governo, o tudo ou nada de Jair Bolsonaro dividiu as forças armadas, assustou o mercado e a população. A obsessão do presidente por intervir nos estados, para ele a salvação do seu governo decadente, tem causado desconfiança nos empresários, fazendo aumentar o risco político e, inversamente, as expectativas de melhorias no panorama nacional diminuem aceleradamente. Contrariando a escrita, quando há competição eleitoral o pais tende a melhorar, pois o go...
Aulas remotas na rede pública,  um sacrifício para os pais

Aulas remotas na rede pública, um sacrifício para os pais

Na Hora do Jantar
Por Thomaz Antonio Barbosa O ensino aprendizagem formal é, basicamente, um processo de interação escola-família, onde o resultado está ligado ao desempenho dos dois. No caso do Brasil de hoje, especificamente o Amazonas, seria fracasso, decorrente do despreparo de ambos.Sem nenhuma preparação, de súbito, os profissionais da educação e família de estudantes se viram obrigados a fazer uso da tecnologia da informação para essa troca de conhecimento. De parceira essencial a modalidade virtual se torna inimiga de pais, filhos e educadores, propulsora do mais estrondoso fracasso escolar. Professores que sequer sabiam enviar um documento por via interativa foram obrigados a usar o equipamento para realizar o seu trabalho. A pandemia do Covid-19 veio sacudir a ordem mundial e, antes...
Declaração de vereador causa celeuma no meio artístico e cultural

Declaração de vereador causa celeuma no meio artístico e cultural

Na Hora do Jantar
“Mas, tem a cultura também. Não é hora de fazer festa, é hora de auxiliar e ajudar a população”. Com esta declaração proferida na sessão virtual da CMM desta quarta-feira, 27, o vereador Sandro estremeceu o meio artístico e cultural da cidade de Manaus. Imediatamente o também estreante vereador William Alemão pediu o uso da palavra: - Presidente, só um minuto! Então, o presidente daquela casa legislativa, Davi Reis, concedeu: - Por favor, a palavra ao vereador Alemão! O vereador Alemão foi incisivo nas argumentações; - Saindo um pouco do assunto que estamos falando, mas eu não consigo deixar de responder ao vereador Sandro Maia, meu ilustre vereador: Cultura não é festa, tá, oh, vereador? Ah… Quem mais sofreu em 2020 foi a cultura e o turismo, mas principalmente a cul...
Wilson Lima leva pernada dos vera na ALE-AM!

Wilson Lima leva pernada dos vera na ALE-AM!

Na Hora do Jantar
Por Thomaz Antonio Barbosa Como a eleição de Roberto Cidade para presidente da ALE-AM a oposição conquista os 16 votos necessários para o impeachment do governador Wilson Lima e de Carlos Almeida, seu vice. Nesse cenário o desenho é o seguinte: Roberto Cidade assumiria o governo, Josué volta para a presidência da Casa. Nenhuma novidade no reino de Avilã, carta marcada desde sempre. A queda deverá começar com a CPI da saúde. Se há disposição para isso? Sim, tanto que a “pernada” foi dada por meio de uma PEC que alterou a data da eleição da mesa diretora da ALE-AM, antecipando da última sessão do ano para o dia de ontem (03/12). Duas lições para Wilson Lima: a primeira diz que a “a boca que beija é a mesma que cospe, a mão que afaga é a mesma que bate”, isso em relação a Rob...
Wilson Lima expõe 217 mil alunos ao risco de contaminação de Covid-19

Wilson Lima expõe 217 mil alunos ao risco de contaminação de Covid-19

Na Hora do Jantar
(Imagem: Divulgação) Por Thomaz Antonio Barbosa A partir de hoje, 30, a rede de ensino público estadual passa a funcionar na totalidade. As unidades da capital e interior recebem mais 111 mil alunos, totalizando 217 ao todo em atividade. A medida do governo ignora o risco de contaminação por Covid-19 também para mais 3 mil professores. Wilson Lima fecha bares, flutuantes, restaurantes e abre escolas como se o vírus selecionasse clientela. É uma sandice intolerável para o estagiário da Avenida Brasil, na Compensa. Correto seria ele assinar o pedido de renúncia. Dizem que um homem deve ter noção do ridículo, digam isso aos esfomeados do governo. Debate na Band Amanhã, quinta-feira, 01/10, vai acontecer o primeiro debate entre os prefeituráveis de Manaus. Começa a sabatina em...
A linga ou o beiço, o Inferno de Dante no governo Wilson Lima

A linga ou o beiço, o Inferno de Dante no governo Wilson Lima

Na Hora do Jantar
Por Thomaz Antonio Barbosa Dante Alighieri não nasceu em Itaituba, no Pará, nem devia, senão o preço da livro seria superfaturado. A Divina Comédia é um poema épico, teológico, escrito no século XIV, dividido em três partes: o Inferno, o Purgatório e o Paraíso. Todavia, parece ter uma relação direta com a situação tragicômica, senão satânica do reinado de Wilson Lima. Pelo menos três situações apontam para um final tráfico e jocoso, talvez rápido, do governo do novo, já que o purgatório depende de articulações de bastidores e o paraíso, bem, esse está cada vez mais distante. Então, vamos ao recheio do inferno, baseado nos fatos recentes: O prosseguimento do processo de impeachment contra Wilson ...
Bolsonaro é obrigado a usar máscara enquanto Lula se diverte e o trabalhador leva cano novamente

Bolsonaro é obrigado a usar máscara enquanto Lula se diverte e o trabalhador leva cano novamente

Na Hora do Jantar
Quem pensava que a caça impetrada pela Policia Militar de Minas Gerais, em conjunto com o MP do Rio de Janeiro, à Márcia Oliveira, era a notícia do dia não perdeu nada por esperar. A esposa do Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, filho do presidente da nossa república, continua foragida da justiça. Entretanto Sua Excelência o próprio Jair não se deu por vencido e voltou a ocupar o lugar mais alto no pódio dos noticiários.Desta vez a Justiça Federal do Distrito Federal determinou que Jair Bolsonaro seja obrigado a usar máscara em lugares públicos sob pena de incorrer em multa diária de 2 mil reais, naquilo que foi qualificado como conduta irresponsável do presidente da república. A determinação foi feita pelo juiz Renato Borelli, da 9ª Vara do Distrito Federal. A pena para o descumpri...