Conversa com Thomaz

sábado, 13 de abril de 2024

Amazônia

IBAMA Amazonas coordena a soltura de 5 mil quelônios

IBAMA Amazonas coordena a soltura de 5 mil quelônios

Amazônia
Desde 2011 o PQA no Amazonas é monitorado pelo Ibama, e neste mês de fevereiro, servidores do Instituto juntamente com o Projeto Pé-de-pincha acompanharam a soltura de mais de 5.000 quelônios em 4 comunidades situadas às margens da BR 319, mais precisamente nas regiões do Rios Igapó-Açu, Mamori e Tupana. A soltura dos quelonios é um evento importante para as comunidades, simboliza o sucesso da integração dos comunitários para fazer acontecer a perpetuação da espécie daquela região.  O processo exige comprometimento, cuidado, amor e dedicação, pois atividades são divididas entre os comunitários voluntários: coleta dos ovos, transferência dos ninhos para próximo dos responsáveis pelo monitoramento, eclosão e soltura dos filhotes, dessa forma, a união na comunidade é impresci...
A jornada inspiradora de Sule, um nome promissor em Eirunepé-AM

A jornada inspiradora de Sule, um nome promissor em Eirunepé-AM

Amazônia, Política
Popularmente como "Sule", o político Francisco Ocimar, tem uma história de vida marcada por superação, motivação e muito trabalho.  Originário de uma família de seringueiros, de Eirunepé, municipio localizado cerca de 1.159 km da capital Manaus, ele experimentou uma das maiores tragédias que um pai pode passar, a perda de sua filha, Ana Paula, vítima de uma doença grave. Com isso, Sule decidiu transformar sua dor em força e motivação para lutar e vencer na vida, ele resolveu enfrentar os desafios que se apresentavam em seu caminho com a finalidade de construir um futuro melhor para si e para sua comunidade. Com  perseverança e habilidades empreendedoras Francisco Ocimar, o Sule, ergueu seu próprio negócio, se tornando um empresário bem-sucedido no ramo da construção ci...
IBAMA apreende e devolve à natureza 100 quelônios no Amazonas

IBAMA apreende e devolve à natureza 100 quelônios no Amazonas

Amazônia
Durante a operação Banzeiro, no município de  Beruri, o ibama realizou a apreensão de 100 quelônios. Esses animais foram capturados na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagassu Purus. Considerando que o valor da multa é de 5 mil reais por quelônio ou ovo.  O infrator foi multado em meio milhão de reais e os animais foram soltos. Além da multa, a lei de crimes ambientais prevê de 6 meses a um ano de detenção para quem comete esse ilícito. Caso o infrator seja pescador profissional, ele perderá o seu seguro defeso. Que é  um seguro que ele recebe para sua manutenção durante o período de reprodução das espécies. Estima-se  que mesmo com todo esse monitoramento feito pelos comunitários,  na RDS Piagassu Purus são retirados mais de 1000 quelônios por ano. ...
MMA divulga queda no desmatamento

MMA divulga queda no desmatamento

Amazônia
A taxa oficial é de 9.001 km² para o período de agosto de 2022 a julho de 2023, segundo estimativa do sistema Prodes, do Inpe. O resultado é o menor desde 2019. A queda é resultado da intensificação das ações de comando e controle, com destaque para o aumento de 103% dos autos de infração aplicados pelo @ibamagov por infrações contra a flora na Amazônia. As apreensões aumentaram 61%, os embargos, 31%, e a destruição de equipamentos, 41%. Cerca de 85% do desmatamento ocorreu em 4 dos 9 Estados da Amazônia Legal: Amazonas: queda de 40% Pará: queda de 21% Rondônia: queda de 42% Mato Grosso: aumento de 9% O Prodes detecta desmatamentos por corte raso e degradação progressiva, como árvores completamente destruidas por incêndios. Usa imagens de satélites mais precis...
IBAMA realiza curso de Brigadistas no Amazonas.

IBAMA realiza curso de Brigadistas no Amazonas.

Amazônia
A semana começou com grande dedicação, pois uma equipe de brigadistas será formada para atuar nos Municípios de Autazes, Careiro e Manaquiri, combatendo queimadas e incêndios florestais. A Prefeitura do Careiro se tornou a sede desse importante curso, realizado no Auditório do CAEC. Os brigadistas, cuidadosamente selecionados através de um rigoroso Teste de Aptidão Física (TAF) no último fim de semana, estão recebendo treinamento sob a supervisão do Prevfogo do IBAMA. A aula inaugural foi um momento especial, com a participação de representantes de entidades dos Municípios envolvidos, bem como o Prefeito Nathan Macena, que reforçou seu compromisso inabalável com a segurança e a qualidade de vida dos cidadãos. Essa união de esforços é fundamental para garantir a proteção das ...
IBAMA controla incêndios florestais no entorno de Manaus

IBAMA controla incêndios florestais no entorno de Manaus

Amazônia
Fonte: IBAMA* Desde o início de outubro, a equipe do Ibama tem atuado nos incêndios florestais no Amazonas, principalmente nas cidades de Autazes, Careiro da Várzea, Careiro, Iranduba e Manaquiri, onde ocorreram os primeiros focos, deixando Manaus embaixo de uma grande nuvem de fumaça. A equipe No total, 270 brigadistas do Ibama e do ICMBio se dividem em seis Bases Avançadas nas cidades citadas acima, com um Posto de Comando instalado no município de Careiro, no Auditório Memorial das Vítimas da Covid 19, e em Apuí/Humaitá, na PA Maria Auxiliadora, em Terra Indígena Tenharim/Marmelos. Helicóptero e viaturas do Instituto fazem o monitoramento por céu e terra para registrar os incêndios na região. Na primeira semana de trabalho foram registrados 1.417 focos de calor, já ...
Manaus agoniza sob a fumaça

Manaus agoniza sob a fumaça

Amazônia
Por Thomaz Antonio Barbosa Depois da pandemia do vírus Covid-19, a cidade de Manaus enfrenta um novo inimigo letal, silencioso.  A capital do estado do Amazonas agoniza sob a fumaça. Não tão invisível quanto o vírus, porém insistente e pavoroso, a fumaça que cobre Manaus e o resto do estado, que adoece o povo, tem origem, causa e efeito. Não é mutante, mas dilacera; é uma invenção humana, com propósito e finalidade, que agride covardemeente a população; não pandêmico, todavia, epidêmico, mortal. A fumaça que aterroriza a cidade de Manaus é forjada nas alcovas do agronegócio, do garimpo ilegal; uma arquitetura criminosa do fascismo que se enraiza nessa país. É preciso reagir, a gente se livra desse inimigo pavoroso ou ele acaba com todos nós! Imagem: Divulgação ...
Brigadistas do Ibama têm papel fundamental no combate às queimadas no Amazonas

Brigadistas do Ibama têm papel fundamental no combate às queimadas no Amazonas

Amazônia
No dia 06 de outubro de 2023, os  brigadistas do Ibama debelaram de forma definitiva um incêndio florestal de grandes proporções no município de Iranduba que ameaçava comunidades como a Vila Janauary e a Tribo Tukana,  onde as colunas de fumaça eram vistas da cidade de Manaus. Como forma de conscientizar a população para o problema, o Instituto iniciou trabalho de educação ambiental com a Campanha Nacional "Amazônia sem Incêndios" por meio da distribuição de panfletos e cartazes em escolas e órgãos públicos da cidade de Iranduba. Na próxima semana chegam à Manaus 05 especialistas em Emergências Ambientais para auxiliar as instituições de estado e municípios na gestão de riscos de acidentes envolvendo substâncias perigosas como combustíveis e substâncias tóxicas; 04 especial...
O Amazonas pede socorro, a natureza reclama a sua parte!!!

O Amazonas pede socorro, a natureza reclama a sua parte!!!

Amazônia, Opinião
"Essa é a nossa bandeira, nosso discurso de amazônida, o agro não salva o mundo e nem o Brasil" O Amazonas vive uma das piores situações climáticas de sua história, a escassez de chuvas poderá acarretar problemas no abastecimento, a fumaça produzida pelas queimadas, na corrida do agro,  compromete a qualidade de vida e a saúde das pessoas nas vilas e cidades, bem como, ameaça a manutenção da floresta em pé. Sobre essas questões,  publicamos trechos de um depoimento feito à nossa redação por Mary Faraco de Andrade, advogada progressista, representante do Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes no Amazonas MATI-AM, amazônida, com vivência e profundo conhecimento da região. Estamos enfrentando a pior seca de todos os tempos, e com o  aquecimento das ág...
Presidente Lula entrega título de terra à mulher indígena em São Gabriel da Cachoeira

Presidente Lula entrega título de terra à mulher indígena em São Gabriel da Cachoeira

Amazônia
Lula, dona Rosa e João Pedro Rosilene Cordeiro da Motta, a dona Rosa, liderança Baré de São Gabriel da Cachoeira (AM), recebeu das mãos do presidente Lula, nessa terça-feira, 05, Dia da Amazônia e da Elevação do Amazonas à Categoria de Província, o documento da sua terra, o lugar onde vive e trabalha. "Essa é a demonstração do compromisso do governo federal, através do Incra/MDA, com a regularização fundiária das terras públicas, ocupadas pelos moradores originários que vivem no nosso estado", disse João Pedro Gonçalves,Diretor de Governança Fundiária do Incra/MDA. Imagem: Jadir Augusto
O verão amazônico

O verão amazônico

Amazônia
Por Lúcio Carril É tempo de vazante dos rios amazônicos. Os lagos ficam abarrotados de peixes. É tempo de fartura. Os meses de seca (o caboclo amazônida pronuncia séca) têm seu auge de setembro a novembro. Com o rio descendo, os peixes ficam presos nos lagos, se tornando alvos fáceis para pescas de anzol e de tarrafa. A pesca grande pode ser feita, também, no rio ou nos paranás, com os arrastões de redes. É tempo de muita oferta de pescado: pacu, aracu, curimatã, surubim, carauaçu, sardinha, bodó, e muitos outros, citando só o estado do Amazonas. A bacia amazônica concentra a maior diversidade de peixe de água doce do mundo, com mais de 2.500 espécies. As feiras de Manaus se tornam uma só alegria nesse período. É proteína barata, saborosa, que alimenta e faz parte...
Professor Ricardo Bessa tem encontro com lideranças nacionais em Brasília

Professor Ricardo Bessa tem encontro com lideranças nacionais em Brasília

Educação
O professor da UFAM, Ricardo Bessa, esteve nesta quinta-feira (17/08) no gabinete do deputado Pastor Henrique Vieira (PSOL/R), vice-lider do governo na Câmara Federal, para tratar de assuntos relacionados ao ensino superor no Amazonas. Na conversa ficou assegurado que o Partido vai analisar o PESC, de iniciativa da Universidade Federal do Amazonas, que propõe o rompimento das universidades federais com os muros dos campis e se extender às comunidades carentes do país, com projetos sociais de grande alcance, como geração de emprego e renda, alfabetização em massa, coleta seletiva e reciclagem de residuos, produção de adubo orgânico e construção de hortas em quintais urbanos. Ricardo Bessa é um dos mais renomados doutores da Universidade Federal do Amazonas, com amplo trabalho...
São Gabriel da Cachoeira lança a Constituição Federal traduzida para Nheengatu com público restrito

São Gabriel da Cachoeira lança a Constituição Federal traduzida para Nheengatu com público restrito

Amazônia
Aconteceu na manhã dessa quarta-feira, 19, o lançamento da primeira versão da Constituição Federal em Nheengatu, a língua geral indígena. O ato contou com a presença da ministra Rosa Weber, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça. Na oportunidade foi sancionada Lei que inclui dezesseis novas línguas oficiais no estado, ficando o Amazonas com dezessete ao todo, incluindo o português. As nativas são as segunites: Apurinã, Baniwa, Dessana, Kanamari, Marubo, Matis, Matses, Mawe, Mura, Nheengatu, Tariana, Tikuna, Tukano, Waiwai, Waimiri e Yanomami. Público restrito O fato inusitado em meio a tudo ficou por conta da organização do evento. Segundo a escritora isabelense Bete Morais “foi organizada uma lista para um público muito restrito, ficando pes...
Caprichoso é o campeão do festival

Caprichoso é o campeão do festival

Amazônia
Boi Caprichoso é o grande campeão do 56º Festival Folclórico de Parintins, o 25º título da agremiação. Com o tema "O Brado do Povo Guerreiro", o Touro Negro emocionou o público e se consagrou o campeão na arena. A apuração se deu na tarde desta segunda-feira, (3), no Centro Cultural de Parintins, o bumbódromo, lugar onde acontece a disputa entre os bumbás. O resultado foi de 1.259 pontos para o Caprichoso contra 1.258,8 em favor do Garantido. Imagem: Divulgação
Moda indígena amazonense desfila na London Fashion Week

Moda indígena amazonense desfila na London Fashion Week

Amazônia
De uma forma inusitada, conheci Rebeca Ferreira, do povo Mundurucu, formada em letras na UFAM, pesquisadora, estudante de teatro na UEA, agente da MI Moda Indígena, apresentando um desfile de Alta Costura, no decorrer do show do maestro Adelson Santos, no Teatro Amazonas, em Manaus. Na coxia, em meio à produtores, diretores, técnicos, modelos e ao som dos instrumentos da banda e das vozes do Madrigal do Amazonas, conversamos sobre o trabalho que ela e sua equipe realizam no segmento de moda com o DNA do nosso povo, um projeto que começa em 2021, que em 2022 apresenta a Primeira Mostra Intercultural Indígena que agora, em 2023, chega a Londres, capital da Inglaterra, ao palco da London Fashion Week. “Nós começamos esse trabalho em 2021, em um processo de produção de moda, de ...