Conversa com Thomaz

quinta-feira, 18 de julho de 2024

Boi Garantido publica nota em defesa da Zona Franca

Em relação ao decreto de redução de 25% da alíquota do IPI, proposto por Paulo Guedes e Bolsonaro, o boi-bumbá Garantido publica uma “Nota de Repúdio e Solidariedade”, onde considera o ato um ataque à ZFM.

O documento que circula em suas redes sociais é assinado por seu presidente, Antônio Andrade, e por sua vice-presidente Ida Silva.

Eis a nota:

A Diretoria da Associação Folclórica Boi – Bumbá Garantido (AFBBG) vem a público se posicionar em defesa do Polo Industrial de Manaus (PIM) diante do mais grave ataque já desferido contra o único modelo econômico que ajudou a preservar as florestas do Amazonas.
A proposta de redução em 25% do Imposto De Produtos Industrializados (IPI) canetada pelo atual governo federativo irá gerar desemprego em massa e a falência do Estado do Amazonas.
O Boi Garantido se solidariza com os milhares de pais e mães de família que irão engrossar as estatísticas da pobreza no Brasil. Se solidariza também com a “grande mãe Amazônia” que certamente será posta abaixo, vítima da exploração selvagem provocada pela necessidade urgente de sobrevivência no sistema capitalista.
Sem as indústrias do PIM, restará ao homem avançar sobre a selva. Por tudo isso conclamamos nossos representantes políticos a irem à luta! Não podemos aceitar essa tragédia! Lutemos como Ajuricaba!

Antônio Andrade – Presidente
Ida Silva – Vice-presidente

IImagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *