Jovem indígena brasileira discursa na COP26

Uma jovem indígena brasileira e uma estudante de geografia chilena discursaram na segunda-feira, 01, na Cúpula de Líderes da COP26 em Glasgow, com uma mensagem enérgica a favor do combate à mudança climática e em defesa da natureza.

Tenho 24 anos, mas meu povo vive no Amazonas há 6.000 anos”, começou lendo Walelasoetxeige Paiter Bandeira Suruí, da etnia Paiter Suruí, em inglês, diante de uma audiência de mais de 120 líderes do planeta.

Os chefes de Estado e de Governo estão em Glasgow para o início da conferência sobre a mudança climática, que vai durar 12 dias.

Com um traje tradicional e o rosto pintado, Paiter Bandeira Suruí reivindicou a herança de seus antepassados, a riqueza ecológica da Amazônia e exigiu a proteção para os líderes indígenas que são assassinados em defesa de suas comunidades.

“Hoje o clima está esquentando, os animais estão desaparecendo, os rios estão morrendo e nossas plantas não florescem como antes”, explicou a jovem estudante de direito.

Paiter Bandeira Suruí falou pouco antes do secretário-geral da ONU, António Guterres, que pediu por sua vez aos líderes presentes que cheguem a acordos para “salvar a humanidade” da mudança climática.

Leia mais: http://cartacapital.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *