Conversa com Thomaz

quinta-feira, 18 de julho de 2024

Manaus é a cidade dos periquitos, diz ambulante

Chamar a capital do Amazonas de “Paris dos Trópicos” é para os fracos, Manaus é a cidade dos periquitos. Uma ave silvestre perfeitamente ambientada ao meio urbano.

Por onde se passa eles estão aos bandos, sobretudo, em locais como a Ponta Negra; no entorno da Vila Olímpica; na Sefaz, no Aleixo; na Avenida Efigênio Sales; são vistos em bairros de todas as zonas da cidade, em praças, parques, jardins e em qualquer local que possam se aglomerar.

De fácil procriação, rapidamente se alastraram pela cidade, embelezando a paisagem urbana, misturando asfalto, concreto armado, com a floresta.

Advertência na Avenida Efigênio Sales (Imagem: Portal Projeta)


A diversidade mais comum é o periquito de asa branca (Brotogeris versicolurus), mas há quem diga existem primos até da Austrália, misturados nessa sinfonia de cores e de cantoria.

O ambulante Pedro de Souza que trabalha na Avenida das Torres, proximidades do conjunto residencial Efigênio Sales, diz sem pestanejar: “Manaus é a cidade dos periquitos”.

Essa é a impressão que deixa, de fato, para quem cruza aquele trecho, principalmente ao entardecer: “No final da tarde eles vem embelezar as árvores daqui”, acrescenta ele.

Imagem: uol


O periquito de asa branca é protegido pela lei federal n° 5.197, de 3 de janeiro de 1967. Para os Manauaras a ave se tornou mais um cartão postal da cidade.

Imagem destaque: petz.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *